2º Encontro Executando a Estratégia da Justiça Federal acontece na próxima semana

O Conselho da Justiça Federal (CJF) promoverá nos próximos dias 13 e 14 o 2º Encontro Executando a Estratégia da Justiça Federal. A presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz, conduzirá a abertura oficial do evento.

A ação tem o objetivo de discutir alternativas diante do cenário de limitações orçamentárias, os resultados alcançados pela Justiça Federal e os desafios da gestão das demandas previdenciárias, entre outros assuntos.

O evento funcionará como uma preparação para o Encontro Nacional do Poder Judiciário, no qual a cúpula da Justiça vai discutir os desafios e traçar seus planos para os anos seguintes. A etapa nacional está prevista para 21 de novembro.

Oficinas

O primeiro dia do encontro (13, segunda-feira) contará com a realização de oficinas simultâneas sobre diversos temas, como limitações orçamentárias e equalização da distribuição da força de trabalho. Nesse dia, as atividades começam às 14h e se estendem até as 18h.

No dia seguinte (14, terça-feira), as oficinas continuam das 9h às 12h. Estão previstas, ainda, palestras e a apresentação dos resultados de 2017 pelo corregedor-geral da Justiça Federal, ministro Raul Araújo, e pelos presidentes dos Tribunais Regionais Federais. No encerramento, será assinada a 2ª Carta – Compromissos para uma Justiça Federal acessível, rápida e efetiva.

Presença de peso

O evento é voltado para ministros do STJ, presidentes e corregedores dos Tribunais Regionais Federais, diretores de foro, juízes auxiliares da presidência, coordenadores dos núcleos de conciliação, diretores-gerais, assessores de planejamento estratégico e coordenadores de juizados especiais federais.

O encontro contará também com profissionais das áreas de orçamento, informática, gestão de pessoas, controle interno, obras, estatística e gestores de projetos estratégicos; e com representantes do Conselho Nacional de Justiça, da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), da Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e Ministério Público da União (Fenajufe), da Previdência Social, da Advocacia-Geral da União, da Defensoria Pública, da Ordem dos Advogados do Brasil e do Ministério Público.

Outras informações podem ser obtidas no Observatório da Estratégia da Justiça Federal.

As inscrições encerram-se nesta quinta-feira (9) e podem ser feitas pelo site do CJF.
Fonte: STJ